Abaixo-assinado que denuncia violência contra índios do Acre chega a quase 60 mil assinaturas

0

A petição pública online que pede ajuda da Prefeitura de Plácido de Castro e do Governo do Acre para que o Parque Ecológico Huwã Karu Yuxibu seja oficialmente concedido aos indígenas Huni Kuî, já alcançou, em quinze dias, mais de 60 mil assinaturas. O documento denunciou retaliação por ruralistas aos indígenas que vivem ao longo da AC- 475 e pede que o local deixe de ser alvo de invasores.

As denúncias vieram à tona no dia 23 de agosto, em São Paulo, e ganhou notoriedade pelo site change.org através de uma petição criada por Raphael Hoffman que enfatizou que os indígenas da etnia Huni Kuî vem sofrendo retaliações por granjeiros e ataques com incêndios criminosos na área de Plácido de Castro.

Um vídeo nas redes sociais gravado por um indígena conta que um ruralista colocou cerca de 20 capatazes para cercar e destruir parte das plantações da comunidade, impedido o acesso ao igarapé, ao Centro de convivência e parte do que sobrou do roçado.

A petição pública, no início, pretendia obter 1 mil assinaturas, no entanto, o autor da proposta elevou a meta para 75 mil. Nessa sexta-feira (08), pela manhã, mais de 59 mil pessoas já haviam acessado e cadastrado suas manifestações no portal.

O documento será entregue à Funai, SPI, Comissão dos Direitos Humanos, Associação Indígenas, PNGATI, STF, MPF, Ministério do Meio Ambiente, Poderes legislativo, executivo e judiciário.

 

 

Comentários

comentários