Prefeito Mazinho vira alvo do Ministério Público após desacatar policiais durante blitz

0

O Ministério Público do Acre (MPE), por meio do promotor Daisson Gomes Teles, resolveu abrir procedimento preparatório para investigar possível ato de abuso de autoridade envolvendo o prefeito de Sena Madureira, Mazinho Serafim (MDB), durante uma abordagem policial na Operação Álcool Zero no último final de semana.

A publicação do MPE solicitando a investigaçao foi publicada na edição do Diário Eletrônico do órgão nesta quarta-feira (2). A portaria diz que chegou ao conhecimento do MPE que Mazinho teria tentado impedir a atuação policial e a apreensão de um veículo pela Polícia Militar durante a operação que estava fiscalizando e autuando motoristas alcolizados.

“Chegou a conhecimento desta Promotoria de Justiça, através de diversas matérias jornalísticas, que noticiam suposta prática de abuso de poder, praticada pelo Prefeito Municipal Osmar Serafim de Andrade – Mazinho Serafim, uma vez que este teria tentado impedir a atuação policial e a apreensão de um veículo pela Polícia Militar. Tais fatos, se comprovados, podem caracterizar possível prática de abuso de poder e autoridade e ato de improbidade administrativa”, diz trecho da publicação do MPE.

Diante das notícias, o promotor resolveru abrir procedimento para investigar possível ato de abuso de poder e desacato por parte de Mazinho aos policiais militares que desempenhavam suas funções naquela cidade.

Em entrevista à imprensa, Mazinho chegou a dizer que adversários políticos armaram tudo divulgando o vídeo para prejudicar a imagem do prefeito.

“Eles deveriam gastar o tempo livre que têm pensando em montar uma chapa única para pelo menos competir comigo nas eleições do ano que vem”, ironizou o prefeito.

Comentários

comentários