Criminoso reage a prisão, atira contra policiais e acaba morto em Sena Madureira

0
Homem teria reagido a prisão e acabou morto/Foto: Divulgação Polícia Civil

O foragido da justiça Deivid Alves da Silva, 26 anos, foi baleado numa troca de tiros com a polícia no último domingo de 2016 em Sena Madureira, e morreu na segunda-feia (1º) no Hospital de Urgência e Emergência de Rio Branco (Huerb). Ele era o principal suspeito de ter assassinado a tiros de espingarda no dia 16 de dezembro o agricultor Valdemar Ferreira dos Santos, 59 anos, devido um desentendimento envolvendo invasão de terras.

Silva já possuía um mandado de prisão em aberto ferente a um outro assassinato ao qual ele também era acusado de ter praticado o crime. A ação conjunta entre agentes militares e civil tinha como objetivo prender o criminoso que era temido pelos moradores do município. Ele teria reagido a prisão, e ao atirar contra os policiais acabou baleado.

Na casa em que ele estava os policiais apreenderam duas armas de fogo sendo um revólver calibre 22 e uma espingarda calibre 22 além de várias munições. O material apreendido foi levado para a delegacia, já o corpo do homem após os procedimentos no Instituto Médico Legal (IML), foi liberado para que a família pudesse realizar o velório.

Comentários

comentários