Frigorifico é embargado e multado por jogar sangue em igarapé no Acre

Presidente do Imac diz que caso será apurado

0

O presidente do Instituto de Meio Ambiente e Análises Climáticas do Acre (Imac), André Hassem, disse não ter conhecimento que o Frigorifico São Sebastião, no município de Rodrigues Alves, teria voltado a operar após ter sido embargado por uma equipe técnica do órgão.

“Está dando até um problema lá agorinha, porque houve a informação de ele voltou a operar, eu até liguei lá. Se voltou a operar, foi contra a determinação do Imac.”

O frigorifico foi multado em R$ 25 mil e fechado ainda no inicio deste mês por jogar rejeitos (sangue) num igarapé que fica próximo ao local. Mas, neste final de semana um morador teria flagrado o frigorifico operando novamente.

O presidente do Imac informou ainda, que o caso será apurado, “a equipe está indo lá hoje a tarde para saber se realmente reabriu, ou não reabriu. Se reabriu, serão tomadas as medidas. Não cabe mais o embargo, aí tem que passar para o Ministério Público tomar as devidas providências.”

Funcionários afastados?

Houve ainda a denúncia de que os dois técnicos que embargaram o frigorifico haviam sido afastados dos cargos. O fato teria ocorridio em represália, já que o local pertence ao prefeito do município. Sobre esse caso, Hassem explicou que os funcionários não foram penalizados, “foi requerido pelo chefe do setor, que era o senhor Lindenberg. Ele pediu o afastamento dos dois técnicos, eu estava em Brasília, alegando que, segundo ele, eles não estavam de acordo com a política dele. Que teriam ido lá fazer a autuação sem determinação dele. Mas eles nem chegaram a ser afastados, porque não tinha sido comunicado a presidência.”

Com informações da agazeta.net

Comentários

comentários