Superação: conheça o primeiro indígena do Jordão a se formar em medicina

0

O sonho de muitos pais, é um dia ter a chance de formar seus filhos , vê-los num caminho de ascensão. Este sonho os pais de Ornando Sena, primeiro indígena jordanense a se formar em medicina, viram ser concretizado.

Nascido às margens do rio Jordão, aonde vive praticamente 40% da população do município da etnia Kaxinawa, Ornando Sena passou a maior de sua vida na casa do seu Carlos Freire, em Rio Branco.

Ciente que o estudo é fonte de ascensão nas camadas sociais da sociedade, o curumim fez o dever de casa. E fez bonito, tanto é verdade que foi agraciado com uma vaga para cursar medicina humana na Universidade de São Carlos, no interior de São Paulo. Ele faz parte da primeira turma do curso.

Ele entrou no curso pelas vagas destinadas aos povos de indígenas, oportunidade concedida nas gestões petistas à frente da presidência da República.

Cursando medicina na Universidade Federal de São Carlos, Ornando teve também a oportunidade de aprender um pouco mais dessa brilhante profissão na Espanha e ainda percorreu o Marrocos, no continente africano.

Formado, ele disse que quer ser contratado para trabalhar em qualquer município do Brasil, mas os municípios tem acreanos têm preferência de contratar-los.

Por Leandro Matthaus

Comentários

comentários