Foragido diz que tentou se entregar à polícia, mas encontrou delegacia fechada no Acre

0

Depois de fugir da delegacia de Assis Brasil, no interior do Acre, no último dia 4 de março, Marcelo da Silva, de 22 anos, se entregou nesta quinta-feira (14). Ele contou que resolveu se entregar e foi com a família e um pastor até a delegacia, mas o local estava fechado.

O secretário de Polícia Civil, Rêmullo Diniz, negou a informação de que a delegacia estava fechada. Segundo ele, agentes estavam no local e receberam o preso, que foi encaminhado para a cidade de Brasileia e, em seguida, para o presídio de Rio Branco.

“É uma mentira. O preso se apresentou e imediatamente foi transferido para Brasileia e de lá foi reconduzido ao presídio de Rio Branco, pela escolta. Não houve esse incidente. De fato, ele fugiu, foi instaurado um procedimento e logo depois ele se apresentou e foi conduzido ao presídio da capital”, afirmou o secretário.

Silva tinha fugido da delegacia depois que um agente esqueceu o cadeado da cela aberto. Na época, o delegado Luis Tonini afirmou que iria apurar como o preso conseguiu fugir.

Tonini informou ainda que havia um mandado de prisão contra o preso que foi conduzido à delegacia pela Polícia Militar que cumpria mandados no município. Sobre a fuga, Silva contou que foi levado para a delegacia e quando olhou, a cela estava aberta.

“Me entreguei ontem [quinta,14]. Inclusive, quando cheguei na delegacia, estava fechada no cadeado. Fui me entregar com um pastor e minha família. Tivemos que passar na casa do policial para abrir a delegacia, porque estava fechada. Agora, espero pagar o que eu devo e sair”, disse o preso.

Fonte: G1

Comentários

comentários