Acrelândia decreta luto pela morte de Bonamigo, empresário que ajudou no crescimento da cidade

0

A Prefeitura de Acrelândia decretou luto de 3 dias pelo falecimento do empresário Claudenir Bonamigo, dono do Atacadão de Madeiras Rio Branco, que morreu em acidente de trânsito na BR-364 na noite de quarta-feira (15).

A caminhonete em que Bonamigo estava perdeu o controle da direção e capotou várias vezes antes de sair da pista. O empresário morreu no local, enquanto um dos seus funcionário ficou ferido e foi conduzido ao Pronto Socorro de Rio Branco.

Segundo a assessoria de imprensa da Prefeitura de Acrelândia, o prefeito da cidade Ederaldo Caetano (PSB) reconhece a importância que o empresário tinha para a região ao gerar inúmeros empregos. Bonamigo era dono de fazendas e sessarias no município.

“Bonamigo foi um dos maiores empresários de Acrelândia. Ele chegou na cidade em 2002 e montou sessarias e comprou fazenda, gerando empregos, contribuindo com o crescimento da cidade”, diz a assessoria.

O corpo de Bonamigo está sendo velado na Capela São João Batista, na Avenida Antônio da Rocha Viana, em Rio Branco. Às 16 horas, será transladado para Acrelândia, e será velado na Quadra do calçadão. O sepultamento acontecerá na manhã de sexta-feira (17).

Comentários

comentários