26 maio 2024

Mais de 100 servidores da Educação podem ter salários cortados se não atualizarem cadastros

Redação Folha do Acre

Date:

Mais de 100 servidores da Secretaria de Educação, Cultura e Esportes (SEE), podem deixar de receber os salários, caso não façam a atualização de seus dados até o dia 26 deste mês. O comunicado foi publicado no Diário Oficial do Estado (DOE) na última sexta-feira (19). O comunicado destaca as pendências cadastrais dos funcionários.

Os servidores relacionados devem comparecer à Divisão de Atendimento (SEE) ou na Representação da Secretaria de Educação de seus respectivos municípios. Estão na lista Rio Branco, Cruzeiro do Sul, Xapuri, Plácido de Castro, Feijó, Mâncio Lima, Assis Brasil, Brasiléia, Manoel Urbano, Marechal Thaumaturgo, Porto Acre, Sena Madureira, Tarauacá, Rodrigues Alves, Capixaba, Bujari, Santa Rosa do Purus, Jordão, Senador Guiomard e Epitaciolândia. Caso o servidor não realize o processo, pode ter o salário cortado.

Em caso de bloqueio do pagamento, após o cumprimento da obrigação, a restituição deve ser feita obedecendo ao calendário de folha de pagamento do Governo do Estado do Acre.

A SEE explicou que todo servidor no mês do seu aniversário, precisa fazer o recadastramento para que a própria secretaria possa ter o controle de quantos funcionários estão em atividade. A professora Maine Augusta Rodrigues, do Departamento de Gestão de Pessoas da SEE afirma que esses servidores ainda não estão com os pagamentos bloqueados, mas precisam realizar o recadastramento em caráter de urgência.

“Todos os meses, os nomes dessas pessoas são divulgados no diário oficial em caráter de notificação. Após isso, o servidor deve imediatamente dirigir-se ao atendimento da SEE ou entrar no próprio site de atualização e realizar a sua, encaminhar para o seu chefe imediato autorizar e posteriormente enviar para a SEE para que nós possamos fazer a atualização dos dados definitivamente”, disse.

Últimas