23 abril 2024

Conferência Acreana de Ciência e Tecnologia é realizada com exposição de objetos robóticos, em Rio Branco

Por Kauã Lucca, da Folha do Acre

Date:

Na manhã desta terça-feira, 2, aconteceu no auditório da Federação das Indústrias do Estado do Acre (Fieac), a Conferência Acreana de Ciência, Tecnologia e Inovação (CT&I). Promovida pelo governo do Estado do Acre, por meio da Secretaria de Estado de Indústria, Ciência e Tecnologia (Seict), em parceria com outras entidades governamentais. O evento teve como objetivo fomentar o desenvolvimento científico e tecnológico na região por meio de exposições de objetos robóticos, palestras e oficinas.

As ideias e assuntos debatidos durante a conferência irão contribuir para um documento que será apresentado na Conferência Nacional de CT&I, evento no qual será organizado pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação, e tem como tema “Ciência, Tecnologia e Inovação para um Brasil Justo, Sustentável e Desenvolvido”.

Exposição de objetos inteligentes, pelo Núcleo de Automação e Robótica da SEE – Foto: Kauã Lucca

Moisés Diniz, presidente da Fundação de Amparo à Pesquisas do Estado do Acre (Fapac), destacou a importância da ciência, tecnologia e inovação e ressaltou que a qualidade de vida do planeta em diversos países se deu através de ciência e tecnologia: “A qualidade de vida do planeta em todos esses países: Singapura, Coreia do Norte, Vietnam, China, Japão, todos eles foi com ciência e tecnologia. O Estado do Acre pode sim, em dez anos, ter um dos maiores polos biotecnológicos da Amazônia. O Estado do Acre pode ocupar a nossa juventude que está sendo dominada pelo crime. Hoje, o Brasil, 22% da juventude de 16 a 29 anos nem estuda e nem trabalha. No Acre, é 28% da população de 16 a 29 anos não estuda e nem trabalha. Nós, dessa plenária, temos a obrigação histórica, humanista, de abraçar essa juventude, de ter programas de experiência e de tecnologia.” – disse Diniz.

Assurbanipal Mesquita, titular da Seict, ressaltou a importância da terceira etapa da conferência, que visa identificar as principais prioridades e desafios da população acreana em diversas áreas. Essa fase é crucial para estabelecer metas, ações e programas estratégicos para o estado. “Buscamos soluções inovadoras de empreendedores e instituições. O processo final dessa construção será a ampliação de negócios, pois esse campo de conhecimento é importante para a criação de novos produtos, talentos, patentes e geração de emprego e renda”. – pontuou.

O encontro teve como uma das atrações a exposição de objetos inteligentes, que são invenções realizadas pelo Núcleo de Automação e Robótica Educacional, que faz parte do Departamento de Inovação da Secretaria de Estado de Educação, Cultura e Esportes (SEE). De acordo com o assessor pedagógico Bruno Lima, a exposição dos objetos inteligentes também são levados à escolas da rede pública de ensino, onde são apresentados aos alunos de 8º e 9º ano do ensino fundamental e para alunos do ensino médio, incentivando assim os estudantes a criarem interesses pela área tecnológica, científica e inovadora.

Além do anfitrião, Assurbanipal Mesquita, titular da Seict, a conferência contou também com a presença da presidente da Fundação de Tecnologia do Estado do Acre (Funtac), Iuçara Souza, do professor Moisés Diniz, titular da Fapac, do presidente da Assembleia Legislativa do Acre (Aleac), deputado Luiz Gonzaga, do secretário de Estado de Governo (Segov) Alysson Bestene, representado o governador Gladson Cameli, do Presidente da Federação das Indústrias do Acre (Fieac), José Adriano, de representantes da Secretaria de Estado de Educação, Cultura e Esportes (SEE), além de outras autoridades e representantes de órgãos e secretarias de governo.

Últimas