12 junho 2024

Terça-feira com chuvas intensas e alerta laranja de perigo para o Acre

Redação Folha do Acre

Date:

Segundo a defesa civil, mesmo que o nível do Rio Acre esteja subindo de forma devagar a situação das chuvas, especialmente em Brasiléia, preocupa, pois o nível do Rio está acima da cota de transbordamento. Apesar do aumento gradual, o rio está impactando bairros, o que reforça a necessidade de precaução por parte da população.

Hoje, no Acre, uma atmosfera instável e úmida prevalece, acompanhada de chuvas ao longo do dia. Essa condição climática abafada se estende pelo Acre, Rondônia, Amazonas, Mato Grosso, Bolívia (planícies) e Peru (região de selva).

Na região leste e sul do Acre, que engloba as microrregiões de Rio Branco, Brasileia e Sena Madureira, espera-se um tempo instável com sol, muitas nuvens e chuvas pontuais a qualquer hora, podendo ser intensas em algumas áreas. Os ventos sopram de forma variada, entre fracos e calmos, com rajadas ocasionais, principalmente do norte.

Já no centro e oeste do estado, abrangendo as microrregiões de Cruzeiro do Sul e Tarauacá, antecipamos um clima quente e abafado, com sol, nuvens e chuvas passageiras e pontuais. Existe uma média probabilidade de chuvas fortes. Os ventos seguem padrões semelhantes aos da região leste e sul.

Quanto às temperaturas, em diversas localidades do Acre, as mínimas oscilam entre 21 e 24ºC, enquanto as máximas variam entre 29 e 32ºC.

Destacamos um aviso importante de chuvas intensas, com grau de severidade classificado como perigo. Esse alerta emitido pelo instituto Nacional de Meteorologia, válido até 28/02/2024 às 10h00min, prevê chuvas entre 30 e 60 mm/h ou 50 e 100 mm/dia, acompanhadas de ventos intensos de 60-100 km/h. Riscos como corte de energia elétrica, queda de galhos de árvores, alagamentos e descargas elétricas são potenciais.

Instruções foram fornecidas para a população, incluindo evitar abrigar-se debaixo de árvores devido ao risco de queda e descargas elétricas, não estacionar veículos próximos a torres de transmissão e placas de propaganda, desligar aparelhos elétricos e obter informações junto à Defesa Civil (telefone 199) e ao Corpo de Bombeiros (telefone 193).

Fique atento às atualizações da cobertura das enchentes no Acre feita pela Folha do Acre e siga as orientações das autoridades locais para garantir a segurança diante dessas condições meteorológicas adversas.

Últimas