24 abril 2024

Homem que comeu cachorro morto recebe cestas básicas, mas troca por drogas horas depois

Redação Folha do Acre

Date:

O catador de material reciclável Ranielson Silva do Nascimento, 26 anos, que se apresenta como Bié, morador do bairro Montanhês, em Rio Branco, recebeu ajuda após ser flagrado comendo restos mortais de um cachorro que morreu atropelado em uma rua da capital acreana.

O caso ganhou grande repercussão e uma equipe de reportagem esteve no local onde o catador de latinhas mora e entregou a ele quatro cestas básicas.

LEIA TAMBÉM:

Catador de latinhas come cachorro após animal morrer atropelado em Rio Branco

Segundo a jornalista Lilia Camargo, horas após receber os alimentos uma vizinha relatou que o homem trocou as cestas por droga em uma boca de fumo.

“O problema é a droga! Mal saíram de lá e a vizinha já dedurou que o homem entregou os sacolões numa boca de fumo. É nítido que ele precisa de ajuda, mas isso vai demandar um esforço inútil se ele mesmo não quiser ser ajudado. E nessa altura do campeonato, percebe-se que a droga já assumiu o comando de sua trajetória”, disse a jornalista.

 

Últimas