16 julho 2024

Deputado Ulysses hipoteca solidariedade a Bolsonaro

Assessoria

Date:

O deputado Coronel Ulysses (União/AC) classificou nesta quinta-feira (8) como “patética” a operação Tempus Veritas, da Polícia Federal que teria encontrado na sede do Partido Liberal [partido do ex-presidente Jair Bolsonaro] a minuta de “um suposto pronunciamento” de Bolsonaro de “um suposto pronunciamento” em rede nacional que o ex-presidente faria à Nação, em rede nacional, detalhando os motivos e argumentos para a decretação de “um suposto estado de sítio” e uso da Garantia da Lei e da Ordem (GLO)”.

Para Ulysses, além de “apócrifo” o suposto “documento” é uma peça de ficção para tentar enquadrar o ex-presidente numa hipotética tentativa de golpe [ sem armas sem sem apoio das Forças Armadas] “no qual a arma maior era uma senhora de idade com com Bíblia na mão]. Além de criticar a operação da PF, Ulysses hipotecou solidariedade ao ex-presidente Bolsonaro “que vem sofrendo uma perseguição jamais vista”.

Na avaliação de Ulysses, a operação desta quinta-feira da Polícia Federal “é uma tentativa desperada de trazer o ex-presidente Jair Bolsonaro para um cenário que jamais ele imaginou”. Para Ulysses, “o atual desgoverno, em vez de utilizar a Polícia Federal em espetáculos deprimentes como esse, deveria utilizá-la no combate às facções criminosas e aos crimes nas fronteiras, onde, diariamente, entram armas e drogas”. Segundo Ulysses, o atual desgoverno vem utilizando a estrutura do Estado [a Polícia Federal, no caso] para manipular a opinião pública com maquinações sobre um suposto golpe que nunca foi idealizado. “A Polícia Federal [uma instituição séria] está sendo utilizada como um _Gestapo_ [polícia política do Hitler] para intimidar adversários políticos. Isso é uma aberração”, salientou Ulysses, que manifestou solidariedade ao ex-presidente Jair Bolsonaro, que, de acordo com o deputado, vem sofrendo uma “perseguição implacável” dos atuais ocupantes do poder no Brasil.

Na avaliação de Coronel Ulysses, após a operação da PF de hoje [que teria encontrado uma suposta minuta de golpe], “o brasileiro deve começar a ser preocupar muito mais. Daqui uns dias eles [o desgoverno atual] vão mandar prender você, se estiver pensando alguma coisa”.

Últimas