19 junho 2024

Celular de um dos acreanos fugitivos de Mossoró foi encontrado pela polícia

Por Aikon Vitor, da Folha do Acre

Date:

A busca pelos fugitivos Rogério da Silva Mendonça e Deibson Cabral Nascimento, membros do Comando Vermelho (CV), que escaparam do presídio federal de Mossoró em 14 de fevereiro, continua a se intensificar.

Durante as operações, uma descoberta intrigante foi feita pela força-tarefa: um celular foi encontrado abandonado em uma trilha próxima ao local onde a dupla se escondeu. Este aparelho, sujo de lama e sem chip, foi identificado como roubado em Baraúna em 22 de fevereiro. Apesar das condições adversas, a perícia está determinada a extrair informações valiosas do telefone.

Desde a fuga, cinco pessoas foram detidas, incluindo o dono de uma propriedade rural utilizada como esconderijo pelos fugitivos. Segundo a PF, esse indivíduo forneceu abrigo, alimentos e outros recursos aos foragidos.

A expectativa é que o celular possa revelar dados cruciais, possibilitando à polícia rastrear possíveis cúmplices que têm auxiliado os fugitivos. Deibson, também conhecido como “Deisinho” ou “Tatu”, e Rogério escaparam habilmente da prisão de segurança máxima utilizando um buraco na cela, aproveitando-se de ferramentas provenientes da obra na unidade prisional. A ausência de funcionamento das câmeras no momento da fuga tornou esse episódio escapar da atenção.

A Penitenciária Federal de Mossoró, inaugurada em julho de 2009, está situada em uma área rural no Rio Grande do Norte.

Últimas