21 junho 2024

Casal vai a júri popular após sequestrar e assassinar motorista de aplicativo

Por Aikon Vitor, da Folha do Acre

Date:

O casal Elvis Preslei de Sena Figueiredo e Mayra Jane Mendes de Oliveira foram recentemente encaminhados a juri popular pela 1ª Vara do Tribunal do Júri da Comarca de Rio Branco. A acusação recai sobre o sequestro de uma motorista de aplicativo, cujo veículo foi utilizado para se deslocarem até o local onde Leonir Lima Fernandes Júnior, de 22 anos, estava, resultando em sua trágica morte em maio de 2021.

A defesa dos réus interpôs recurso contra a decisão do tribunal, e em 19 de fevereiro, a Justiça concedeu ao Ministério Público Estadual (MP-AC) a oportunidade de apresentar sua manifestação.

Leonir Júnior, monitorado por tornozeleira eletrônica e participante de um bingo na Rua Nossa Senhora da Conceição, bairro Cidade Nova, foi alvo de dois indivíduos que chegaram em um veículo, desceram e dispararam contra ele, resultando em sua morte no local. O carro utilizado pelos criminosos pertencia a uma motorista de aplicativo, abordada durante uma corrida com destino ao bairro Seis de Agosto. Na ocasião, a vítima relatou que Elvis Figueiredo assumiu a direção do veículo, enquanto Mayra permaneceu no banco do passageiro com o celular da motorista.

A dupla conduziu o veículo até o bairro Cidade Nova, onde perpetraram o homicídio contra Leonir. Horas após o crime, o carro foi encontrado sob a quarta ponte de Rio Branco. A motorista, embora em estado de choque, não sofreu ferimentos físicos.

Últimas