20 junho 2024

Após fuga de presos acreanos, ministro decide afastar direção do presídio de Mossoró e ordena intervenção

Por Kauã Lucca, da Folha do Acre

Date:

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Ricardo Lewandowski, determinou em Nota Oficial divulgada à imprensa nesta quinta-feira, 15, o afastamento imediato da direção do presídio de segurança máxima de Mossoró, no Rio Grande do Norte. A medida foi tomada após a fuga de dois presos da penitenciária federal na última quarta-feira, 14, sendo essa a primeira vez que detentos conseguem escapar de um presídio de segurança máxima no país.

O MJSP informou que um policial penal federal, que não teve o nome divulgado pelo órgão, foi indicado como interventor para comandar a unidade.

De acordo com a pasta, o policial já está em Mossoró. O mesmo integra a equipe do ministério que embarcou para a capital do Rio Grande do Norte nesta quarta-feira, 14, acompanhado do secretário Nacional de Políticas Penais, André Garcia, e que vai verificar a operação de captura dos fugitivos.

Lewandowski determinou medidas onde ordenou uma revisão nos protocolos de segurança das cinco penitenciárias federais do país, abertura de inquérito pela Polícia Federal para investigar a fuga e a inclusão dos nomes dos fugitivos na lista da Interpol.

 

Últimas