21 junho 2024

Trabalhadores da Maia e Pimentel encerram manifestação e retomam atividades na Fundhacre

Por Aikon Vitor, estagiário da Folha do Acre

Date:

Depois de mais de 3 horas de manifestação, os trabalhadores terceirizados da empresa Maia e Pimentel, que exercem suas funções na Fundação Hospitalar do Acre (Fundhacre), optaram por encerrar o protesto e retomar suas atividades.

A reivindicação central dizia respeito ao atraso no pagamento dos salários relativos ao mês de dezembro, inicialmente previsto para janeiro.

A empresa Maia e Pimentel, em busca de solucionar a questão, abriu um diálogo com os trabalhadores, resultando em um acordo. Ficou estabelecido que os salários pendentes serão regularizados até quinta-feira, 25 de janeiro.

A decisão de retornar ao trabalho sinaliza uma resolução temporária do impasse.

 

 

Últimas