12 junho 2024

Política acreana: 2024 será um ano na corda bamba com formação de novas lideranças e ressurgimento das antigas

Coluna da Gina

Date:

2024: na corda bamba e ano de decisões

O ano de 2024 começa na corda bamba para muitas figuras da política acreana. Em fevereiro virá a análise da denúncia do MPF contra o governador Gladson Cameli e após isso, independente da decisão, as pedras irão se mover na política acreana.

Reforma para depois

O governador Gladson Cameli, por exemplo, deve deixar sua prometida reforma administrativa para depois da análise no Superior Tribunal de Justiça.

Gladson Cameli não é bobo

Gladson Cameli não é bobo. Ele está atento a cada movimento de sussurro de traição que acontece a sua volta, as reuniões e os puxamentos de saco dirigidos à vice-governadora Mailza Gomes.

Se achando

Tem secretário que está se achando “o rei da cocada preta” e que será exonerado sumariamente em breve.

Acendendo velas para dois santos

Tem gente acendendo velas para dois santos e ignora que Gladson Cameli é esperto. O governador já sacou o jogo duplo de alguns, inclusive daqueles que tentam retornar ao governo como o senador Petecão.

Perspectiva de poder

Outra coisa que deixará todos em corda bamba é a aproximação do pleito eleitoral. A perspectiva de poder muda a forma que alguns tratam as pessoas.

MDB

A propósito, o MDB vive uma perspectiva de retomada ao poder em Rio Branco e Cruzeiro do Sul com as candidaturas de Marcus Alexandre e, possivelmente, a de Jéssica Sales.

Aberson Carvalho

Entre os secretários que mais se destacaram no ano passado está Aberson Carvalho. É um dos que continuará intacto no governo Cameli.

Aberson e o bom trabalho feito

Abderson fechou 2023 com conquistas frente à Secretaria de Educação e avanços significativos. Ele tem sido um secretário muito querido por servidores.

Pedro Pascoal

Ao contrário de Aberson, Pedro Pascoal, secretário de Saúde, causa arrepios em servidores ao passar pelos corredores do prédio da secretaria.

Contratos, compra de remédios e coisas estranhas

Em um levantamento que está sendo feito pela Sesacre sobre fornecedores, contratações e compra de remédios é de causar estranheza contidos em detalhes. Quem viver verá!

Flaviano Melo

Em entrevista a titular desta coluna, o presidente regional do MDB, Flaviano Melo, afirmou que ainda não escolheram o vice para a chapa de prefeito na Capital.

Jenilson Leite

Flaviano frisou que nada foi decidido sobre convidar Jenilson Leite para ser vice de Marcus Alexandre.

Depende de Marcus Alexandre

Flaviano afirmou ainda que a data para a escolha do vice depende de Marcus Alexandre.

Bom dia a todos

Últimas