14 julho 2024

O oportunismo da política: o barulho tardio de Michelle Melo e o silêncio de Petecão

Coluna da Gina

Date:

Muda rápido

Os ventos da política mudam rápido e revelam o oportunismo próprio do meio político. Após o pedido de afastamento feito pela PGR, o governador Gladson Cameli poderá ver quem realmente são seus aliados. Na política a onda de oportunismo e conveniência impera.

Michelle Melo

Quando a deputada Michelle Melo assumiu o cargo de líder do governo na Assembleia Legislativa do Acre ela já sabia que havia uma operação em curso, a Ptolomeu, bem como sabia que teria que defender e assim o fez, mas agora, fora da liderança, ela resolveu criticar. Oportuno o posicionamento dela.

Condenação prévia

Quando líder do governo e com dezenas de indicados acomodados na estrutura do governo, Michelle Melo fez a defesa do governo Cameli, mas agora ela grava vídeos condenando previamente o governador de um caso que ainda tramita na Justiça.

Vice-governadora Mailza Assis

A vice-governadora Mailza Assis precisa rever a situação dos seus conselheiros políticos. Pelo visto eles não enxergam um palmo diante do nariz ao recomendarem rebocar Petecão de volta ao governo para apoiar Alysson Bestene. Barco furado esse que Mailza entrou.

Petecão

Petecão foi o principal crítico do governador Gladson Cameli a quem chamava de “mentiroso e corrupto”. Reconduzir este homem para a estrutura de governo com a desculpa de apoiar Alysson Bestene não cola, pois ele não teve votos nem para si mesmo na eleição para governador. Como pretende eleger alguém?

Simples assim

Se Gladson não resolver não será Petecão que salvará a eleição de Alysson Bestene. Simples assim.

Atenção, Alysson

Petecão gastou tubos de dinheiro na última eleição e teve uma votação pífia, das mais humilhantes. Se Alysson tiver contando com Petecão para se eleger então ele é mais carente de inteligência do que aparenta.

Obcecados por Alan Rick

Essa turma que ronda a vice-governadora Mailza pensa com o fígado e só pensa em prejudicar o senador Alan Rick. Obcecados por isso eles concebem as mais exdrúxulas estratégias.

João Marcos Luz

Tão mal assessorado quanto estúpido, o vereador João Marcos Luz partiu para o ataque à imprensa e chamou jornalistas de bandidos. O ataque veio depois da divulgação de foto da caminhonete da Câmara, o veículo que ele usa, parado em frente a uma boate na madrugada.

Justificativa ridícula

O vereador João Marcos Luz afirmou que foi à boate porque apoia o empreendedorismo noturno.

Bom dia a todos

Últimas