16 julho 2024

Homem de 35 anos é assassinado a golpes de faca em Epitaciolândia

Redação Folha do Acre

Date:

Policiais Militares foram acionados via COPON dando conta que havia uma pessoa caída ao chão com marcas de sangue em uma rua do Bairro José Hassem, na cidade de Epitaciolândia, por volta das 3h00 da madrugada deste domingo, dia 10.

De pronto, uma equipe foi até o local para averiguar a denúncia e pode comprovar que um homem estava caído e já não apresentava sinais vitais. Foi informado aos policiais que, ao acionar o SAMU foi relatado que não havia médico para atender a ocorrência. A polícia militar isolou o local e acionou a Polícia civil.

Após uma breve inspeção no local, foi comprovado que a vítima apresentava sinais de perfuração com arma branca no abdômen, e após coleta de informações no local, o corpo foi removido pelo ‘rabecão’ para ser levado à capital para exames forenses e após ser liberado para familiares, a vítima teria 35 anos, identificado com o nome de Robernaldo Magno de Melo.

Diante dos fatos, a polícia civil sobre o comando do delgado plantonista, Ricardo Castro, deram início às investigações, tendo em vista que não encontraram nenhuma testemunha no local, foi quando perceberam uma trilha dentro do mato com rastro de sangue que levou até uma residência na rua José Rebolcas, no mesmo bairro. Além do sangue, encontraram alguns objetos como partes de um ventilador, um pé de chinelo várias peças de roupas.

Ao chegar na residência ao abrir a porta, um estilete caiu, daí despertando a suspeita sobre o morador, os agentes também encontraram o outro pé de chinelo. A pessoa que estava na residência disse à polícia que a vítima e outras pessoas estavam ingerindo bebida alcoólica e em certa altura da bebedeira começou um desentendimento e, Robernaldo (vítima), teria agredido ele, fato este que foi comprovado pelos agentes devido aos hematomas.

A testemunha relatou ainda que após a agressão ele quebrou tudo dentro de casa e saiu, depois voltou e tentou entrar na casa que estava trancada, forçou até quebrar a tranca alegando que havia esquecido alguns pertences, depois saiu e foi embora.

Outra pessoa que estava na casa disse que não sabia de nada, ambos os envolvidos foram conduzidos ilesos para delegacia juntamente com o estilete, os envolvidos serão ouvidos pelo delegado plantonista.

Diante dos fatos a polícia civil da delegacia de Epitaciolândia continua com a investigação para tentar chegar nos demais envolvidos no assassinato e encontrar o autor da agressão que culminou na morte de Robernaldo Magno de Melo de 35 anos.

 

Últimas