20 junho 2024

Criminosos invadem residência, executam homem e atiram em criança de 2 anos, em Rio Branco

Redação Folha do Acre

Date:

A ação criminosa ocorreu por volta das 4 horas da madrugada, desta sexta-feira, 29, na Rua Liberdade, no bairro Canaã, região do Segundo Distrito de Rio Branco (AC).

Segundo informações da própria vítima, identificado como Maciel Andrade do Nascimento, de 43 anos, quatro homens chegaram em um carro modelo corsa classic, de cor prata, desceram todos fortemente armados, invadiram a residência, e já foram efetuando diversos disparos dentro da casa.

Francisco Bruno Carneiro de Oliveira, de 34 anos, conhecido como Boiadeiro, foi alvejado pelo menos oito vezes, os disparos atingiram todo o corpo da vítima que não resistiu aos graves ferimentos e foi a óbito instantaneamente.

Dentro da residência haviam quatro pessoas, dentre elas uma criança de 2 anos e oito meses, que foi atingida por um disparo de arma de fogo no braço esquerdo, que transfixou. O pai da criança, identificado como Maciel, também foi atingido na mão esquerda e o projétil chegou a quebrar o osso do braço esquerdo, apenas a esposa de Maciel escapou da ação criminosa.

Logo em seguida os criminosos empreenderam fuga tomando rumo ignorado.

Maciel ainda informou que fazia parte de uma organização criminosa, porém, há dez anos teria saído do mundo do crime e, atualmente, trabalhava como peão de fazenda juntamente com o amigo Bruno.

A Polícia informou ainda que, tanto Maciel, quanto Bruno já tiveram várias passagens pelo sistema judiciário, por diversos crimes.

A Polícia Militar foi acionada, militares do segundo batalhão chegaram rapidamente a cena do crime e realizaram o isolamento, preservando o local dos fatos. Diante das informações e do cenário devastador, ligaram para o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), que destacou duas ambulância para atender a ocorrência.

Ao chegarem no local, os socorristas só puderam atestar o óbito de Bruno. Contudo, pai e filha que foram atingidos, foram devidamente socorridos e encaminhados para o Pronto Socorro de Rio Branco em estado de saúde estável, onde foram entregues à equipe do trauma para maiores avaliações.

Policiais Civis da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) estiveram no local, colheram as devidas informações e, em seguida, acionaram a Perícia Criminal, onde todos os procedimentos periciais foram realizados.

O corpo de Bruno, o Boiadeiro, foi recolhido para a base do Instituto Médico Legal da capital, onde passará pela necropsia e, posteriormente, será liberado para o funeral da família.

A Gazeta do Acre

Últimas