24 fevereiro 2024

Confiança: empresários do comércio acreditam em vendas maiores no Natal 2023

Assessoria

Date:

Os empresários do comércio de bens, serviços e turismo rio-branquenses  estão confiantes com as vendas para o Natal deste ano. Pelo menos, é o que aponta pesquisa realizada pela Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Acre (Fecomércio-AC), que apontou que ao menos 63,6% dos empresários entrevistados acreditam em vendas no próximo Natal em volume maior que no Natal de 2022. O estudo foi realizado nos últimos dias 5 e 6 de dezembro junto a 108 comerciantes.

O levantamento buscou avaliar as expectativas de compras e vendas para a data, e pontuou ainda que outros 10,1% afirmaram aguardar vendas em volume semelhante; e 22,4%, disseram que serão em menor quantidade. Dos entrevistados, apenas 0,9% não se manifestaram quanto à comparação.

Além disso, para 61,7% dos empresários, a expectativa de aumento de vendas para o Natal é positiva frente a outras datas de grande consumo;  outros 12,1% manifestaram dúvidas, isto é, entenderam haver outras datas no ano que estimulam muito mais o consumo das famílias. Ainda quanto a esta questão, 23,4% dos empresários se mostraram unânimes no que diz respeito à existência de outras datas com maior movimento de compra e vendas em Rio Branco e; 2,8% não responderam ao questionamento.

Como técnicas de vendas, 34,5% dos empresários reforçaram que devem conceder mais descontos sobre as vendas; enquanto 33,1% mostraram tendência à retirada dos juros sobre as vendas com recebimento em parcelas. Outros 21,8% reiteraram que irão trabalhar redução de preços e; 8,5%, esticar prazos para vendas com recebimento parcelado.

Ao menos 37,4% dos empresários se disseram preocupados quanto ao endividamento da população; seguidos de 10,3%, que admitiram como ameaça o continuado aumento geral dos preços observado no mercado de consumo. A pesquisa destacou preocupação de ameaças de 25,2% dos empresários quanto à insegurança econômica para o mercado; e 20,6%, com o desemprego na economia. Também 10,3% no que se relaciona aos níveis gerais de preços

Além disso, segundo o estudo, para 39,6% dos empresários, a melhora de vendas para o período do Natal geralmente é percebida apenas na semana do Natal; já 28,3%, entendem que esse momento se dá com o pagamento do 13º salário; 13,2% afirmaram que percebem ao início do mês de dezembro, seguidos por 12,3%; que disseram na véspera do dia do Natal. Para 6,6%, a partir do pagamento do salário do mês de novembro.

Com relação à forma de recebimento de vendas do Natal, 32,7% dos empresários demonstraram preferência para a modalidade “à vista”, entretanto, outros 67,3% reiteraram que devem buscar atender o desejo de cada cliente.

Para 71,0% dos empresários de Rio Branco, o valor médio das vendas para o próximo natal deve ser de até R$200. Outros 29,0% disseram acreditar em vendas a valores médios acima de R$200.

 Segmentos pesquisados do comércio:

Dos empresários entrevistados, 31,1% são do segmento de vestuários e 20,8%, de acessórios.

Últimas