12 junho 2024

Aleac se reaproxima do povo em 2023 e presidente Gonzaga comemora avanços históricos

Por Anderson Bodanese, da Folha do Acre

Date:

Chegou ao fim o ano legislativo no Acre na última sexta-feira (15) quando os deputados estaduais votaram projetos de leis importantes como a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) para 2024 e participaram de sessão solene de entrega de títulos de cidadão acreano e moções de aplausos a dezenas de pessoas que contribuem com a sociedade acreana.

O ano de 2023 foi marcado por avanços imporantes e marcas históricas no Legislativo acreano. No primeiro ano da 16ª legislatura, a Assembleia Legislaltiva do Acre (Aleac) realizou 90 sessões ordinárias. Foram mais de 1.500 proposições apresentadas e 298 projetos de leis apresentados pelos parlamentares ao longo dos 11 meses.

Além de alcançar números significativos em projetos de leis e indicações apresentadas, a Aleac também se destacou com 40 sessões solenes e mais de 35 audiências públicas realizadas em cidades acreanas para ouvir a população.

Esta foi a prioridade da Mesa Diretora da Aleac neste ano de 2023: reaproximar o Poder Legislativo e o povo acreano. Graças às audiências públicas que foi possível aprovar projetos importantes para a Saúde, Educação, Seguranças, Agricultura, entre outros.

O presidente da Aleac, deputado Luiz Gonzaga (PSDB), sempre defendeu um Legislativo mais próximo da população. Gonzaga destacou que é ouvindo o povo que se faz política assertiva e inclusiva.

“Os resultados expressivos conquistados no nosso primeiro ano de gestão fortalecem a posição da Aleac como um órgão ativo e responsivo, capaz de promover avanços significativos para o estado do Acre por meio da discussão com a sociedade e implementação de projetos fundamentais para o desenvolvimento das regiões. 2023 vai ficar marcado com um ano de muito trabalho e de importantes debates. A sensação é de dever cumprido”, disse o parlamentar.

Gonzaga destacou ainda que o trabalho em harmonia com os demais poderes foi fundamental para o sucesso do Legislativo.

“Trabalhamos com uma relação das melhores com os demais poderes, isso fortalece o trabalho e o dever de cada um dos poderes. A democracia e os três poderes se fortalecem quando existe o respeito entre si e essa harmonia, que nossa gestão vem mantendo desde quando o Nicolau Júnior esteve à frente da mesa diretora”, destacou o deputado.

Por fim, o presidente da Aleac falou sobre o planejamento para 2024 e garantiu que não poupará esforços para conquistar ainda mais avanços à frente do Legislativo.

“Queremos manter esta pegada de trabalho intenso, onde o grande beneficiado é o povo. Em 2024, iremos dar continuidade as audiências públicas, um em Rio Branco atendendo o baixo Acre e outro na regional Purus”, explica ele.

O primeiro-secretário da Aleac, deputado Nicolau Júnior, também destacou as audiências públicas realizadas no Alto Acre e Juruá, além das comitivas, entre elas a viagem dos deputados de Rio Branco a Cruzeiro do Sul através da BR-364 para debater melhorias para a rodovia.

“Esse dia de fato vai ficar para a história. A Frente Parlamentar foi formada para fazer essa fiscalização e ajudar na reconstrução da BR-364. De lá, fizemos a primeira transmissão ao vivo via satélite de um lugar completamente isolado. Isso possibilitou que a população acompanhasse todo o nosso trabalho. Um marco”, disse Nicolau Júnior.

Nicolau agradeceu ao empenho do governador Gladson Cameli em trabalhar com harmonia com o Legislativo buscando sempre o melhor para o povo acreano.

“Se hoje alcançamos número importantes para o Legislativo isso se deve a parceria com os demais poderes, principalmente o Executivo. Graças a parceria com o governo do Acre conseguimos alcançar um resultado importante para o nosso estado”, disse o deputado.

Últimas