2 março 2024

Veja detalhes da chacina que deixou seis mortos e dois feridos em Rio Branco

A Gazeta do Acre

Date:

A chacina ocorrida na noite desta sexta-feira, 3, na travessa Morada do Sol, no Bairro Taquari, Segundo Distrito de Rio Branco, chocou a comunidade daquele local. Seis pessoas perderam a vida em uma intensa troca de tiros, e outras duas foram encaminhadas para unidades de saúde, feridas por disparos de arma de fogo.

As informações dão conta de que, no Taquari, uma facção domina o território, considerado de alta periculosidade. Ocorre que, em uma residência situada na travessa Morada do Sol, outra organização criminosa estaria planejando um ataque para tomada de território.

Foi aí que homens fortemente armados com pistolas, revolveres e escopetas chegaram em uma camionete, invadiram a residência, onde estariam oito pessoas, e, nesse momento, começou uma intensa troca de tiros.

Dois foram mortos na sala da casa e outras duas teriam sido baleadas e mortas no quarto da frente da residência. Mais uma vítima teria caído já sem vida no corredor e a última foi morta nos fundos da casa.

Outras duas pessoas também foram baleadas e encaminhadas uma para o Pronto-Socorro da capital e outro para a UPA do Segundo Distrito.

Logo após o ocorrido, a Polícia Militar foi acionada. Uma primeira guarnição teria chegado ao local rapidamente e já solicitado apoio, pois a área é considerada de alto risco. Quando os policiais entraram na residência, já se depararam com várias pessoas baleadas e sem vida. Segundo relatos dos agentes, todos foram mortos com vários disparos pelo corpo.

Uma verdadeira força tarefa da segurança pública foi formada. Várias companhias do Bope estiveram no local, além da Rotam e Giro, além das guarnições do segundo batalhão. A Polícia Civil também foi acionada e enviou agentes da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP)para colher informações.

Logo em seguida, peritos do Instituto Médico Legal (IML) chegaram e por horas realizaram toda a perícia. Foram encontrados várias armas de fogo e muitas munições de vários calibres.

A polícia civil procederá com as investigações para chegar aos autores dessa chacina, mas, já se sabe que a motivação é a guerra entre facções criminosas que brigam por territórios dominados pela intensa prática do tráfico de drogas.

Últimas