18 abril 2024

Servidores da Saúde de Cobija fecham pontes na fronteira cobrando salários atrasados

Redação

Date:

Servidores de Saúde Municipal da Cidade Vizinha Cobija interditaram na manhã desta terça-feira, 21, as duas pontes que lingam as cidades de: Epitaciolândia e Brasiléia a Cobija lado boliviano em protesto pela falta de pagamentos por parte da Alcaldia (Autarquia Municipal).

Segundo informou um representante do Sindicato dos Servidores da Saúde de Cobija, a Alcaldesa (Prefeita) quer pagar apenas o 13º Salário deixando os meses de outubro, novembro e dezembro para o ano que vem.

Diante dessa situação, resolveram protestar bloqueando as duas pontes que dá acesso ao Brasil, segundo eles, as pontes permanecerão interditadas pelo prazo de 24 horas para qualquer tipo de veículos permitindo a passagem de pedestres apenas.

Informações O Alto Acre

Últimas