21 maio 2024

Prefeitura de Epitaciolândia usa antigo hotel para abrigar imigrantes que chegam do Peru

Redação

Date:

Um antigo hotel está sendo usado pela prefeitura de Epitaciolândia, no interior do Acre, para abrigar os imigrantes que chegam na cidade vindos do Peru.

A maioria dos estrangeiros é formada por venezuelanos que abandonaram o país vizinho ao Acre devido a crise política e ameaças de deportação pelo governo do país.

O local, que tem capacidade para 70 pessoas, tem enfrentado superlotação, chegando a abrigar, na semana passada, 170. Nesta segunda-feira, 20, quase 90 se encontram no hotel.

A casa de apoio foi montada pelo poder público do município fronteiriço com a Bolívia para garantir abrigo e segurança a esses imigrantes até que eles deixem o Acre e sigam para outros locais do país.

Antes disso, os estrangeiros ficavam em uma casa cedida pela igreja católica situada em Brasileia, com capacidade para apenas 50 pessoas

Geralmente, esses imigrantes entram no estado por Assis Brasil, que faz fronteira com o Peru. No entanto, alguns têm entrado no Acre pela Bolívia, o que explica sua permanência em Brasileia e Epitaciolândia.

Com informações do G1/AC

Últimas