20 junho 2024

Falso servidor do Detran é preso após aplicar vários golpes em Rio Branco

Redação

Date:

As instalações do Departamento Estadual de Trânsito (Detran), situado na Avenida Nações Unidas, em Rio Branco, foram palco da prisão de Altemir da Costa Taveras. O suspeito enfrenta acusações de estelionato, após uma série de denúncias de vítimas que alegam ter sido enganadas por um esquema fraudulento.

Entre os prejudicados está a estudante Maya Dourado, que tornou público o incidente. Segundo seu relato, ao buscar a vistoria de sua motocicleta para a emissão da segunda via do Documento Único de Transferência (DUT), ela foi abordada pelo falso servidor logo na entrada do Detran.

Taveras se apresentou como intermediador da empresa despachante CD Placas, vestindo uma camiseta e boné com a logo do Detran, o que levou as vítimas a acreditarem em sua suposta legitimidade.

O golpista cobrou a quantia de R$ 248 pelo serviço, aceitando o pagamento por meio de cartão e utilizando uma máquina que, aparentemente, estava registrada em nome da empresa mencionada.

Entretanto, a estudante descobriu uma semana depois que o serviço jamais foi realizado. Ao procurar a empresa CD Placas, constatou que o acusado não fazia parte do quadro funcional e que vinha praticando golpes há, pelo menos, 15 anos.

Após a prisão, o criminoso foi encaminhado para a Delegacia de Flagrantes (Defla).

Informações O Acre Agora

Últimas