26 maio 2024

Após chuva de mais de 35 milímetros, nível do Rio Acre sobe 24 centímetros em Rio Branco

Redação

Date:

Após uma chuva de 35,4 milímetros, o nível do Rio Acre subiu 24 centímetros nas últimas 24 horas em Rio Branco, segundo dados da Defesa Civil Municipal. Mesmo com subida, o manancial segue abaixo de dois metros na capital acreana.

Conforme os dados, o rio marcou 1,80 metro na medição das 6h desta terça-feira (21). Em novembro, o manancial só passou do nível de dois metros por três dias, entre 7 e 9 do mês.

O esperado de chuvas para o mês de novembro é de 207,1 milímetros e até as 6h desta terça choveu um acumulado de 65,8 mm.

O coordenador da Defesa Civil de Rio Branco, tenente-coronel Cláudio Falcão, informou que antes da chuva das últimas 24 horas, até o dia 19, havia chovido um acumulado de 30,4 mm no mês. Segundo ele, o nível do manancial deve continuar subindo nos próximos dias, por conta das previsões de mais chuva.

“Dado o panorama que temos aqui, já que não choveu apenas em Rio Branco, mas choveu muito também em outras localidades, inclusive na Aldeia dos Patos, nas últimas 48 horas acumulou 100 mm de chuva, que é na cabeceira do Rio Acre, então essa água vai vir pra cá. Nós tivemos também chuva em Brasileia, Xapuri, no Riozinho do Rola, ou seja, nos afluentes todos do Rio Acre. Então, possivelmente, o nível vai continuar aumentando nos próximos dias, mesmo que depois, a gente tenha um decrescimento novamente”, afirmou Falcão.

O temporal que caiu na capital acreana nessa segunda (20) contabilizou vários estragos. Dentre as ocorrências recebidas pelas equipes da Defesa Civil Municipal e dos bombeiros estão: queda de árvores e muros, destelhamentos de residências e obstrução de vias. A velocidade média dos ventos que ocasionaram estas ocorrências foi de 38 quilômetros por hora, com rajadas entre 55 a 65 km/h.

Alerta de temporal
O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) emitiu um alerta laranja de chuvas intensas para todo o Acre, com validade até as 11h desta terça-feira (21).

A previsão é de chuva entre 30 e 60 milímetros por hora ou 50 e 100 milímetros por dia, com ventos intensos entre 60 e 100 quilômetros por hora.

As instruções dadas são:

Em caso de rajadas de vento: (não se abrigue debaixo de árvores, pois há leve risco de queda e descargas elétricas e não estacione veículos próximos a torres de transmissão e placas de propaganda);
Evite usar aparelhos eletrônicos ligados à tomada;
Obtenha mais informações junto à Defesa Civil (telefone 199) e ao Corpo de Bombeiros (telefone 193).

G1

Últimas