23 fevereiro 2024

Sexo, cargos e política: influenciadoras aquecem a prostituição no DF

Metrópoles

Date:

O início da semana parlamentar na capital da República é o sinal verde para turbinar um mercado exclusivo movido a sexo, poder e muito dinheiro. Os principais interessados são políticos e figurões do cenário empresarial de Brasília. Propostas por influenciadoras nas redes sociais, as ofertas indecentes são postas sobre as mesas de restaurantes finos e bares badalados do Plano Piloto e Lago Sul. Mais do que a negociação de um programa, os encontros envolvem nomeação em cobiçados cargos comissionados nas mais variadas instâncias públicas.

Como em um jantar de articulação política, o futuro chefe barganha funções de confiança bem-remuneradas – com dinheiro público, claro. Ali, à meia-luz de ambientes sofisticados, é selada a transação entre as beldades e os figurões. Há alguns anos, a cena, comum nas altas rodas do poder, costumava ter como destaque belas prostitutas de luxo, das quais os parlamentares não abriam mão de ter ao lado, principalmente durante viagens.

Os tempos mudaram, mas influência e sacanagem seguem de mãos dadas. O posto das garotas de programas foi tomado por jovens que “bombam” nas redes sociais com milhares de seguidores. Mais do que trocar uma transa por dinheiro, elas querem posição de destaque, seja no Executivo ou Legislativo. Ambiciosas e ostentadoras, as “influenciadoras do sexo” abocanham desde viagens internacionais e carros de luxo a roupas de algumas das grifes mais sofisticadas do mundo.

Foi-se o tempo em que políticos e empresários recorriam a cafetinas para fazer “o meio de campo” com garotas de programa. “O medo de se expor ou ir a boates de prostituição é impensável para figuras públicas, tanto para políticos quanto para homens influentes no cenário empresarial do DF”, contou uma fonte ouvida pela coluna e que conhece de perto o esquema. De olho na demanda crescente de clientes poderosos, algumas mulheres se especializaram em viabilizar o encontro entre o “contratante” e a garota que se destaca nas redes sociais.

As chamadas “patroas” escolhem um ponto de encontro sofisticado, o dia da semana e a hora em que algumas influenciadoras estarão presentes. As informações correm como rastro de pólvora por canais exclusivos de comunicação no WhatsApp, Telegram ou Instagram, por meio do direct. “Há um padrão entre essas garotas. Os políticos costumam brincar que elas precisam cumprir três pré-requisitos básicos: cintura fina, pele bonita e cabelo bem tratado. O resto é negociável”, disse a fonte.

O perfil das influenciadoras que aquecem o mercado do sexo na capital costuma servir como uma espécie de vitrine. As fotos e os vídeos são floreados com paisagens em praias paradisíacas no litoral brasileiro ou fora do país, passeios por pontos turísticos nos destinos europeus mais exclusivos ou momentos de curtição em resorts caríssimos. Um detalhe chama a atenção: quase sempre as belas mulheres tiram fotos sozinhas. No máximo, duas taças de vinho aparecem lado a lado remetendo a uma companhia misteriosa.

LEIA A MATÉRIA COMPLETA AQUI

Últimas