16 julho 2024

Residente em anestesiologia agradece apoio de Alan Rick aos médicos formados no exterior e destaca “Somos capazes”

Assessoria

Date:

Nesta quarta-feira, 18, data em que se comemora o Dia do Médico, o residente em anestesiologia Gustavo Prado contou um pouco da sua história na medicina. Trabalhador desde os 12 anos, Gustavo relatou que a medicina é a sua segunda graduação. A decisão de ingressar no curso veio aos 32 anos com o objetivo de ajudar as pessoas. Como muitos acreanos, Prado não tinha condição de pagar os estudos no Brasil e foi para Cobija, na vizinha Bolívia. “Foram seis anos de dedicação e muito esforço. Formei, me preparei e graças ao esforço do senador Alan Rick tive a oportunidade de fazer o Revalida. Estávamos há anos sem que o exame fosse realizado no país e através do projeto de Lei dele, ainda quando deputado, a aplicação do exame se tornou obrigatória e, na época, semestral. Passei e hoje sou médico habilitado a atuar no Brasil. Só gratidão!” – disse.

Aos 43 anos, o acreano formado no exterior, nascido em Tarauacá, faz especialização em Rio Branco. Prado já está no segundo ano da residência médica em anestesiologia no Hospital Santa Juliana e atua como médico regulador na rede pública estadual. “Posso dizer que estou na metade da realização de um sonho. A trajetória não foi fácil. Quem estuda ou estudou no exterior sabe das dificuldades, do preconceito. Mas estou aqui mostrando que somos capazes” – afirmou.

Em referência a data, o senador Alan Rick usou as redes sociais para reafirmar o apoio aos que se formam fora do país e parabenizar a todos os médicos.

“Aproveito esta data para reforçar o meu apoio aos nossos MFEX. Nenhuma campanha de desinformação vai descredibilizar a contribuição destes que são os que se dedicam a trabalhar nos lugares mais pobres e isolados do nosso país. Parabéns a todos médicos do Acre e do Brasil!” – escreveu o senador.

Últimas