23 julho 2024

Governo reúne comitê para alinhar ações de enfrentamento à seca prolongada

Assessoria

Date:

O governo do Estado, por meio da Secretaria de Governo (Segov), realizou nesta segunda-feira, 16, a terceira reunião do comitê criado para enfrentar a situação de emergência provocada pela seca prolongada no estado. Coordenado pelo secretário de Estado de Governo, Alysson Bestene, o comitê reúne sete secretarias e cinco órgãos públicos.

Na reunião desta segunda-feira, realizada no Centro Integrado de Geoprocessamento e Monitoramento Ambiental (Cigma), ligado à Secretaria de Meio Ambiente (Sema), o secretário fez um relato sobre as inspeções realizadas na semana passada em várias regiões às margens do rio Acre para ver de perto a situação dos moradores ribeirinhos e agricultores.

Durante o percurso, foram anotados os pontos mais críticos, com formação de bancos de areia e outros obstáculos à navegação. “Esta avaliação está sendo feita por técnicos da Defesa Civil, dando embasamento para a documentação que enviamos para formalizar, em Brasília, nosso estado de emergência”, esclareceu Alysson.

O secretário de Governo informou que a equipe está empenhada. “Este é um momento delicado e, seguindo a orientação do governador Gladson Cameli, estamos traçando estratégias para auxiliar as famílias mais afetadas”, explicou Alysson.

A secretária adjunta de Meio Ambiente, Renata Souza, afirmou que todas as reuniões do comitê deverão ser realizadas no Cigma.

“O Cigma faz parte da Sema e nós fizemos questão que as reuniões sejam realizadas aqui, pois é onde temos os dados quantificados e qualificados da situação hídrica dos rios que nos dão suporte na tomada de decisões necessárias para amenizar esta situação”, observou a secretária adjunta.

Dados apresentados

Durante a reunião do comitê, a chefe da Sala de Situação e Monitoramento Ambiental (Sisma), Ylza Silva, apresentou os dados de nível dos rios, precipitações e prognóstico de chuva.

Segundo os dados, oportunizados pelo Cigma e disponibilizados pelo Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), estão previstos volumes de chuva superiores a 30 milímetros no oeste do Acre, devido ao calor e alta umidade, na semana de 16 a 23 de outubro.

Na semana de 24 a 31 de outubro, são previstos acúmulos de chuva que podem ultrapassar 50 mm em grande parte da região norte, especialmente no Acre.

A chefe da Sala de Situação destacou que mesmo com a previsão de chuva no decorrer da semana, a situação de seca em vigência não terá alteração. “A previsão de chuva pode influenciar positivamente no aumento dos níveis dos rios, na qualidade do ar e redução de focos de queimadas, porém, não muda o cenário do período de seca que estamos enfrentando”, afirmou.

Últimas