21 maio 2024

Governo institui Gabinete de Crise para combater situação de emergência hídrica no Acre

Redação

Date:

O Governo do Acre por meio do Diário Oficial do Estado (DOE), publicou na manhã desta segunda-feira (09) o decreto que prevê temporariamente a criação de um Gabinete de Crise em decorrência da situação de emergência hídrica no estado.

Gladson Cameli havia decretado estado de emergência na última sexta-feira (06) por meio do Decreto nº 11.338, que evidenciou a situação de extrema seca e suas consequências para as pessoas da região. Por isso, esse Gabinete de Crise foi criado para discutir e adotar providências relacionadas a essa situação de emergência, bem como enfrentar os problemas já existentes como também os que potencialmente surgirão com a seca.

A atual situação do estado do Acre é preocupante, pois segundo a Defesa Civil, já são mais de 17 mil famílias afetadas, dentre elas muitas comunidades indígenas que agora estão completamente isoladas, pois os rios estão intrafegáveis, dificultando assim o transporte de alimento, medicamentos e outras coisas essenciais para o bem-estar das comunidades.

Além desses, os ribeirinhos da zona urbana também são afetados, pois dependem da pesca para sobreviver, e com o baixo nível dos rios e o aumento da temperatura causado pelo El Niño, muitas espécies de peixes foram comprometidas.

Ainda não se tem previsão exata de chuvas para esse ano, por isso, o Gabinete de Crise criado pelo governo, tem prazo de 90 dias para a execução das atividades, podendo ser prorrogado em caso de agravamento da situação. Com isso, as secretarias e órgãos ambientais que estão em parceria com o Gabinete estarão em constante vigia para que a seca seja amenizada da melhor maneira possível.

Últimas