25 maio 2024

“Eu não vou sair do PP”, diz Bocalom sobre carta o liberando para se desfiliar

Por Gina Menezes

Date:

O prefeito de Rio Branco, Tião Bocalom, afirmou em entrevista na manhã de quinta-feira (5) que não sairá do PP. Ele questionou ainda os motivos que existem para que algumas frentes do partido o queiram desfiliado.

A resposta de Bocalom veio após ele receber carta o autorizando a deixar a sigla haja vista que a direção do partido escolheu Alysson Bestene como pré-candidato a prefeito.

“A carta não muda nada. A coisa mais natural do mundo é que existam várias pré-candidaturas postas. Não vou sair do PP. É o partido no qual estou filiado. O que eu fiz para querem me tirar? Será se estou envolvido em algo errado? Não. Não estou e não vou sair”, diz.

A confusão dentro do PP começou quando o partido colocou o nome de Alysson Bestene para avaliação e foi aprovado pelos membros como sendo o pré-candidato do partido em detrimento de Bocalom.

O prefeito de Rio Branco, Tião Bocalom, afirmou em entrevista na manhã de quinta-feira (5) que não sairá do PP. Ele questionou ainda os motivos que existem para que algumas frentes do partido o queiram desfiliado.

A resposta de Bocalom veio após ele receber carta o autorizando a deixar a sigla haja vista que a direção do partido escolheu Alysson Bestene como pré-candidato a prefeito.

“A carta não muda nada. A coisa mais natural do mundo é que existam várias pré-candidaturas postas. Não vou sair do PP. É o partido no qual estou filiado. O que eu fiz para querem me tirar? Será se estou envolvido em algo errado? Não. Não estou e não vou sair”, diz.

A confusão dentro do PP começou quando o partido colocou o nome de Alysson Bestene para avaliação e foi aprovado pelos membros como sendo o pré-candidato do partido em detrimento de Bocalom.

Últimas