2 março 2024

Audiência pública em Cruzeiro do Sul aborda economia e sociedade

Assessoria

Date:

Na manhã desta sexta-feira (13), o Teatro dos Náuas foi palco de uma audiência pública de grande relevância. O evento, organizado pela Mesa Diretora da Assembleia Legislativa do Acre (Aleac), teve como tema ‘Economia e Sociedade na Regional do Vale do Juruá’ e reuniu deputados estaduais, federais, prefeitos, vereadores, entidades empresariais/comerciais/rurais, sindicatos, sociedade civil e diversos outros setores ligados aos interesses econômicos do Juruá.

O encontro promoveu um espaço de diálogo amplo e construtivo, visando abordar questões cruciais que afetam a regional do Juruá, ouvindo produtores rurais, comerciantes e empresários de toda região.
A cerimônia teve início com a execução do hino acreano regido pelo Conservatório de Música de Cruzeiro do Sul.

Em seguida, o presidente do parlamento acreano, deputado Luiz Gonzaga (PSDB), fez a abertura da audiência pública destacando a importância do debate. Frisou ainda, que o encontro tem o objetivo de contribuir para o crescimento econômico do Juruá.

“Essa região almeja crescimento econômico e a criação de empregos, especialmente para os jovens, ao reconhecer o potencial da agricultura familiar como um setor capaz de gerar riqueza. Neste contexto, com uma perspectiva de trabalho colaborativo, esse encontro representa um passo importante na promoção do progresso local e na melhoria da qualidade de vida da comunidade”, enfatizou o presidente do parlamento acreano.

Já o primeiro-secretário da Aleac, deputado Nicolau Júnior (PP), disse: “É uma honra para o Poder Legislativo estar aqui hoje. Cumprimento e agradeço a presença de todos que vieram ajudar a construir um futuro melhor para a Regional do Juruá. Ouvir a população é nosso principal foco. Tenham certeza de que essa audiência está sendo realizada com muito carinho e responsabilidade, para que dela possamos colher bons frutos”, disse.

Henrique Afonso, prefeito em exercício de Cruzeiro do Sul, destacou durante a audiência pública a importância do evento para o Juruá, e o impacto positivo que ela irá trazer para os moradores da região.

“É uma grande honra estar aqui representando o prefeito Zequinha, que trabalha arduamente pelo desenvolvimento dessa região. Agradeço aos parlamentares, autoridades e à sociedade que se faz presente. Com toda sinceridade, preciso expressar minha gratidão a Deus, por termos esse evento de tamanha magnitude e promovido pela Aleac. Tenho certeza que essa audiência pública vai trazer bons frutos para o Juruá. 2023 ficará marcado por esse debate. O Acre não é um estado pobre, o que falta é termos acesso às nossas riquezas”, disse o gestor.

Ainda durante o evento, um dos palestrantes do encontro, o economista Orlando Sabino fez um rápido panorama sobre a economia regional. O professor destacou números impactantes que apontam para um cenário positivo na economia regional.

De acordo com ele, a produção de arroz, feijão e o potencial para o cultivo de café e outras culturas são indicativos promissores. Além disso, ele ressaltou o notável crescimento do PIB regional em comparação com o PIB estadual nas duas últimas décadas. “A melhoria da infraestrutura, como o projeto da usina de energia “O Leão” e a negociação em curso com a China para a criação de uma conexão logística, seja por rodovia ou ferrovia, são iniciativas que podem impulsionar ainda mais o desenvolvimento econômico da região”, disse.

Sabino sublinhou ainda a importância dessas potencialidades quando bem exploradas e desenvolvidas, ressaltando que tais investimentos podem abrir caminho para um futuro próspero, consolidando a região como um polo econômico em crescimento.

O agricultor Sebastião José, que falou representando a Cooperfarinha, expôs sua preocupação em relação aos investimentos para pequenos agricultores. “Agradeço a Deus por estarmos reunidos mais uma vez, também a todos os parlamentares presentes. Parabenizo os protagonistas da história, que são os produtores rurais, pois somos nós quem sabemos o que passamos. Sobre a farinha, ela apareceu no gráfico com 42% de crescimento, mas se não tivermos uma política voltada para a mandiocultura aqui no Juruá, ela pode cair de produção e de preço também’.

O Secretário de Administração do Estado, Paulo Roberto, elogiou a Aleac por discutir o fortalecimento e o impacto na economia local. “Parabenizo o parlamento acreano por abordar as preocupações da população tanto na zona rural quanto na zona urbana do Juruá. Isso demonstra um compromisso sério com o bem-estar da comunidade. Essa abordagem colaborativa é essencial para melhorar a qualidade de vida dessa população e para encaminhar as questões relevantes ao governo do Estado, visando o progresso e ao desenvolvimento regional”, disse o secretário.

Ao final do encontro, o presidente da Aleac disse que todas as ideias e opiniões que foram expostas durante o debate serão registradas num relatório. “Vamos elaborar um relatório contendo tudo que foi discutido neste encontro que servirá de base para a colaboração entre o governo e instituições visando soluções concretas para a região”, informou Gonzaga.

Últimas