24 fevereiro 2024

Zequinha entrega laboratório para exames hormonais em Cruzeiro do Sul

Assessoria

Date:

A entrega fez parte do calendário da programação do aniversário de 119 anos de Cruzeiro do Sul.

O município de Cruzeiro do Sul passa a ofertar exames hormonais na rede municipal de saúde. Nesta segunda-feira (18), a prefeitura inaugurou um novo laboratório nas dependências do Centro de Diagnóstico no Bairro Aeroporto Velho e instalou uma unidade de análises clínicas na Vila Santa Rosa e outra na Vila Santa Luzia. A inauguração dos novos laboratórios foi uma das primeiras atividades da prefeitura para abrir a programação de aniversário da cidade que completa 119 anos no dia 28 de setembro.

O município fez a aquisição de 04 aparelhos de bioquímica, 04 de hematologia e 01 para a realização de exames hormonais. Essas máquinas vão possibilitar a realização dos exames mais simples até os diagnósticos mais complexos para detectar até as doenças mais graves, como câncer e outras.

O prefeito Zequinha Lima destacou que, com o equipamento instalado no Centro de Diagnóstico, o município vai disponibilizar mais de 30 tipos de exames hormonais o que vai garantir mais agilidade no diagnóstico e evitar que pacientes tenham despesas para fazer os exames.

“Esse laboratório vem atender principalmente as camadas mais pobres, as pessoas que mais precisam detectar vários tipos de doenças com exames que não tinham na rede pública do Acre. As pessoas para tinham que sair de Cruzeiro do Sul para fazer esse exame, ou então, que tinha condições procurava as redes particulares”, destacou o prefeito Zequinha Lima.

A ampliação na capacidade de atendimento traz um alento para os pacientes que necessitam dos novos exames que passaram a fazer parte da lista de diagnósticos oferecidos pela prefeitura.

“É uma mão na roda para muitas pessoas. Eu, por exemplo, preciso desses exames porque eu faço acompanhamento em Rio Branco e toda vez que eu vou fazer é no particular e são exames muito caros. Para quem não tem condições, será um grande benefício”, afirmou a autônoma Salaniel Pimentel.

Últimas