24 abril 2024

Ulysses é presença confirmada em Congresso Conservador do Pará

Assessoria

Date:

O deputado do Acre, que é vice-presidente da Comissão de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado da Câmara, será palestrante da conferência que acontecerá dia 29 em Belém (PA)

BRASÍLIA (20.09.2023) – Reconhecido por sua atuação e compromisso inabalável com a segurança pública, o deputado federal Coronel Ulysses (União/AC) é presença confirmada no 2º Congresso Conservador do Pará. A conferência acontecerá em Belém (PA) no dia 29 deste mês e reunirá líderes políticos, intelectuais, representantes da sociedade civil e cidadãos engajados em um diálogo construtivo sobre os valores conservadores e a construção de um futuro sólido para a Amazônia. Ulysses será um dos palestrantes.

Na conferência, Ulysses, que é vice-presidente da Comissão de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado da Câmara, abordará temas cruciais para a sociedade: combate ao crime organizado, narcotráfico, crimes transfronteiriços, segurança pública, a defesa da Constituição, da família e das liberdades individuais no Brasil. Para Ulysses, só é possível uma sociedade segura e próspera quando esta é construída defendendo a vida e as liberdades.

Mas, no atual governo, a sociedade vive amedrontada, com as pessoas com medo de saírem às ruas”, diz Ulysses. Diz que isso ocorre porque, no governo Lula, não há política de segurança pública, “e, por isso, a impunidade assola no País, estimulando ainda mais a ação de grupos criminosos”. A segurança pública é um tema presente na vida de Ulysses desde seus 17 anos de idade, quando serviu às Forças Armadas.

Voz ativa em defesa da segurança pública

Voz ativa nas discussões políticas nacionais, Coronel Ulysses tem denunciado as mazelas da segurança pública na atual gestão, especialmente quando o assunto é segurança pública e combate ao narcotráfico. Mas atuação de Ulysses não fica apenas nos discursos.

Na Câmara, nesses oito meses de mandato, Ulysses apresentou várias iniciativas de Lei. Destacam-se, por exemplo, projetos de Lei para rever os critérios de caracterização do tráfico privilegiado, a criação de óbices para o relaxamento de flagrantes nas audiências de custódia, o acompanhamento pelos operadores do sistema de segurança pública dos custodiados beneficiados com tornozeleiras eletrônicas.

Ulysses ainda propôs a criação de um grupo de trabalho destinado a discutir a atual política nacional de segurança pública. O grupo atuará para aperfeiçoar as regras de combate às organizações criminosas, em especial do tráfico internacional de drogas, e aprovar leis de natureza penal, processual e execução penal, capazes de modernizar o arcabouço jurídico pátrio e a atuação do sistema de justiça criminal.

Para mais informações sobre o 2º Congresso Conservador do Pará, como, por exemplo, se inscrever, clique aqui: https://shre.ink/nHc4

Últimas