29 fevereiro 2024

Maior operação da história resgatou 7 trabalhadores em situação semelhante à escravidão no Acre

Redação Folha do Acre

Date:

Em agosto, uma operação conjunta entre Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), Ministério Público do Trabalho (MPT), Ministério Público Federal (MPF), Defensoria Pública da União (DPU), Polícia Federal (PF) e Polícia Rodoviária Federal (PRF), resgatou 532 trabalhadores em situação semelhante à escravidão no país. Os dados foram divulgados em uma coletiva de imprensa nesta terça-feira (5), em Brasília. A Operação foi considerada a maior já realizada no Brasil.

Entre os resgatados estavam 7 trabalhares do Acre. A Polícia Federal não divulgou os nomes das vítimas nem os locais onde elas foram resgatadas.

Os estados com mais pessoas resgatadas foram Minas Gerais (204), Goiás (126), São Paulo (54), Piauí (42) e Maranhão (42). Na área rural, as atividades com maior número de vítimas foram o cultivo de café, de alho, batata e cebola. Na área urbana, os maiores resgates foram em restaurantes, oficinas de costura, construção civil e trabalho doméstico.

Ao todo, a Operação Resgate 3 contou com 222 ações de fiscalização em 131 municípios de 22 estados e no DF. Os órgãos conseguiram resgatar 532 pessoas de condições análogas às de escravo. Desses, 441 são homens e 91 mulheres. Além disso, 6 são crianças e adolescentes, e dez trabalhadoras domésticas, uma delas com 90 anos, sendo a pessoa mais velha a ser resgatada no país.

Contilnet

Últimas