2 março 2024

Investigação decide apurar qualidade nas marmitas dos presídios; Iapen notifica empresa

Redação

Date:

O Ministério Público do Estado do Acre (MP-AC) denunciou nesta quarta-feira (14), a qualidade de refeições servidas em presídios na cidade de Rio Branco, onde há um contrato entre o Iapen e uma empresa terceirizada, em Rio Branco.

Segundo informações, a 4ª Promotoria de Justiça Criminal da Comarca de Rio Branco, fez uma inspeção e verificou que as marmitas estariam sendo servidas sem proteína, apenas com ossos e feijão, o que será objeto de uma investigação.

Em contato com o diretor-presidente do Iapen-AC, Alexandre Nascimento, ele esclareceu a situação e disse que já notificou a empresa Granotris, responsável pela distribuição das marmitas, cujo contrato é de R$ 1 milhão mensal. “O fato ocorreu na medição de proteína. Vamos abrir um processo administrativo para investigar o caso”, declarou.

Informações Ac24horas

Últimas