21 julho 2024

Defesa Civil de Rio Branco participa de workshop em Manaus para mais uma etapa de elaboração do Plano Nacional de Proteção e Defesa Civil Nacional

Assessoria

Date:

Representantes dos órgãos de Defesa Civil dos sete estados da Região Norte participam em Manaus, Amazonas, de um workshop que tem como objetivo cumprir mais uma etapa de construção técnica e coletiva do Plano Nacional de Proteção e Defesa Civil.

Participam do evento, que se encerra nesta sexta-feira, 15, representantes dos estados do Acre, Amazonas, Pará, Amapá, Roraima, Tocantins e Rondônia, promovendo o engajamento de atores estratégicos dos diversos segmentos do Sistema Nacional de Proteção Defesa Civil (SINPDEC).

Rio Branco é representada pelo Cel Cláudio Falcão – Coordenador-geral de Defesa Civil da Capital, que destacou a contribuição para colocar ações que viabilizem e agilizem o socorro cada vez mais rápido à vítimas de qualquer desastre. “Além disso, estamos apresentando propostas para que a Defesa Civil de Rio Branco e de outras cidades trabalhem seus cinco eixos, que são a prevenção, a preparação, mitigação, ação de resposta e reconstrução. Isso vai permitir um trabalho mais eficiente à população”, diz Falcão.

O evento é considerado pelos representantes dos estados do Norte uma rica oportunidade de troca de experiências, de levantamento de particulares regionais e de engajamento de todos na definição de metas e indicadores do primeiro Plano Nacional para a gestão de riscos e desastres do Brasil.

Karine Lopes, diretora de Articulação e Gestão da Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil (SEDEC), reconhece o papel vital dos estados e municípios, com seus atores estratégicos, para a gestão de riscos e desastres e fala do entusiasmo e das expectativas com a realização dos workshops regionais. “É imperativo pensar, discutir, compartilhar e instituir de forma participativa os objetivos e metas para redução de riscos e de desastres no país. Por isso, esses eventos presenciais foram delineados para estimular, engajar e garantir uma construção coletiva do Plano”, comenta.

Últimas