2 março 2024

Assaltante que agrediu mulher corta tornozeleira menos de 24h após ser liberado

Redação

Date:

Um vídeo passou a circular nas redes, no último dia 30 de agosto, onde uma mulher que estaria sendo vítima de uma tentativa de assalto entrou em luta corporal com o criminoso.

Nas imagens é possível observar que o homem, ao perceber que não levaria nada da vítima, foge, mas antes tenta atirar contra a mulher.

No dia 2 de setembro, João Lucas Oliveira Barbosa, 20 anos, conhecido como “Mutante”, que seria o mesmo que agrediu a mulher, foi preso na rua Nossa Senhora da Conceição, no bairro Cidade Nova, na região do Segundo Distrito de Rio Branco, após tentar realizar um roubo e ser vítima de uma tentativa de homicídio da facção rival.

Segundo apurado pela equipe de reportagem do Na Hora da Notícia, João Lucas teria realizado mais de dez roubos na capital em um curto espaço de tempo. Com isso, o acusado recebeu voz de prisão e foi encaminhado para a Delegacia de Flagrantes (Defla).

No entanto, para o desperto das vítimas, João Lucas passou por uma audiência de custódia, e foi decidido que ele responderia em liberdade mediante o uso de tornozeleira eletrônica, a informação foi dada ao NHN por fontes de dentro da polícia.

E para piorar a situação, a fonte revelou ainda que o acusado cortou a tornozeleira no dia seguinte, na região do bairro Primavera, mostrando a fragilidade desse tipo de procedimento para com alguns acusados. O equipamento já foi recolhido por profissionais da Unidade de Monitoramento Eletrônico Penitenciário (UMEP). Vale ressaltar que a tornozeleira serve para que o Estado fiscalize os passos de alguém, vinte e quatro horas por dia, sendo possível saber, então, todos os lugares em que a pessoa esteve. O objetivo é que ela seja usada para monitorar alguém que ainda não foi julgado e está respondendo em liberdade.

A reportagem conversou com uma das vítimas do acusado, que prefere não se identificar, e diz que agora se sente vulnerável, uma vez que pode ser reconhecida pelo acusado e teme que ele faça algo pior.

Fonte: Na Hora da Notícia

Últimas