27 fevereiro 2024

O aparato da Segurança Pública precisa ser usado para combater a violência e não apenas contra movimento de invasões, diz colunista

Coluna da Gina

Date:

Cenas lamentáveis

A manhã de terça-feira (15) foi marcada pela ação de cumprimento da ordem de reintegração de posse da área de terra localizada no Irineu Serra. Cenas fortes foram vistas ali e desnecessárias.

Mostrou que pode

A Secretaria de Segurança que tem se mostrado inoperante perante a violência resolveu mostrar que tem forte aparato e só não usa quando não quer.

Desproporcional

Decisão judicial não se discute na internet e sim nos tribunais, mas o que não pode deixar de ser dito é que a Secretaria de Segurança Pública usou um aparato desproporcional para o movimento que ali havia. Se toda aquela força e potencial fosse usado contra as facções certamente haveria paz no Acre.

Pedido de socorro contra a violência

No mesmo momento em que acontecia de forma equivocada e desproporcional a reintegração de posse de uma área localizada no Irineu Serra, o deputado Afonso Fernandes discursava na Assembleia Legislativa pedindo que a Secretaria de Segurança Pública dê uma resposta contra a onda de violência que assolou o Acre.

Gaia

Impressionante como contra os bandidos que deixam dezenas de cadáveres quase que diariamente espalhados pelas periferias de Rio Branco, o secretário de Segurança, Américo Gaia, dá o silêncio por respostas, mas contra os invasores tinha até um sniper em posição estratégica.

Polícia contra invasores enquanto bandidos tocam terror no Taquari

No mesmo dia em que a Secretaria de Segurança usou todo aparato, incluindo helicóptero com policiais armados, para garantir o cumprimento do mandado de reintegração, a população do Taquari vivia momentos de pânico ao ver mais corpos espalhados no chão e um carro com bandidos fortemente armados fazendo mais vítimas.

Naluh Gouveia

No seu modo sempre sincero, a conselheira Naluh Gouveia não disse nenhuma mentira ao afirmar que ao analisar processos de 2016, 2017 está analisando um “defunto” e que o Tribunal de Contas precisa se atualizar para acompanhar as despesas públicas em tempo real.

TCE desatualizado

O Tribunal de Contas do Estado precisa se atualizar, acompanhar em tempo real as despesas feitas pelo Estado e prefeituras para que cumpra seu papel de controle e fiscalização das despesas públicas.

Marcus Alexandre

Quem acompanhou a coletiva do pré-candidato Marcus Alexandre na terça-feira (15) no MDB percebeu que ele optou por não criticar o prefeito Bocalon. Ele preferiu falar da pré-campanha.

Bom dia a todos

Últimas