24 fevereiro 2024

Justiça nega pedido de liberdade a homem que matou esposa de 16 anos

Redação Folha do Acre

Date:

O Tribunal de Justiça do Acre (TJ-AC) negou o pedido de liberdade de Mateus Lima de Sousa, jovem de 24 anos, acusado de matar a esposa, Lauane do Nascimento Melo, de 16 anos, com quem morava junto há dois meses.

O crime ocorreu no dia 21 de julho, em Rio Branco. Mateus se apresentou na Delegacia de Polícia Civil de Sena Madureira no dia 24 de julho, e foi transferido para o sistema prisional de Rio Branco.

Lauane, natural da Vila Califórnia, Distrito de estado de Rondônia, foi assassinada com um tiro no olho e teve o rosto desfigurado, após o crime, em uma chácara da Estrada do Barro Vermelho. Após o crime, Mateus fugiu de motocicleta até as redondezas da Estrada Transacreana.

No pedido de liberdade do acusado, a defesa argumentou que ele tem problemas de visão, é réu primário e tem residência fixa. Os desembargadores que compõem a Câmara Criminal seguiram o voto da relatora Denise Castelo Bonfim, negando a liberdade do acusado. Mateus Lima de Sousa segue preso, esperando julgamento.

A polícia suspeita que o motivo do assassinato da jovem tenha sido motivado por vingança por parte do companheiro. Os investigadores não descartam que a motivação possa ter ligação com ciúmes.

Mateus trabalhava como caseiro na chácara onde ocorreu o crime. Antes de fugir, ele foi até o gerente da propriedade e contou que tinha matado a mulher. O gerente foi até a chácara, encontrou a vítima morta em cima da cama e avisou para o dono da propriedade, que chamou a polícia e o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

Informações A Gazeta do Acre

Últimas