26 fevereiro 2024

Governo prestará assistência social às famílias que ocupam terrenos irregularmente

Kauã Lucca

Date:

O governo do Estado informou, por meio da Secretaria de Estado de Assistência Social e Direitos Humanos (SEASD), que prestará toda assistência social necessária, no caso das famílias que ocupam irregularmente dois terrenos pertencentes ao Estado, nos bairros Defesa Civil e Irineu Serra, na capital. A Polícia Militar, cumpriu nesta terça-feira, 15, ordem de reintegração de posse emitida pelo poder Judiciário nas referidas áreas.

Os terrenos em questão, foram destinados para a construção de moradias populares designadas a famílias em situação de vulnerabilidade socioeconômica, por meio do Programa Minha Casa Minha Vida, do governo federal.

O governo disponibilizou, por meio Seasd, apoio logístico para a locomoção e transporte das pessoas que ocupavam os terrenos de forma irregular, bem como dos pertences para o novo local de acomodação. De acordo com informações, está sendo oferecido pelo governo também através de uma equipe composta por dez assistentes sociais e um psicólogo, o benefício do Aluguel Social. Segundo informações, cinco famílias aceitaram a proposta do governo até o momento.

O Governo do Acre colocou à disposição, o Parque de Exposições Wildy Viana, no segundo distrito, para que sejam recebidas temporariamente as famílias que não tenham para onde ir.

O governo garantiu ainda, o oferecimento de serviços básicos, bem como o alojamento dos bens e pertences das famílias, até que sejam inseridas no Programa Bolsa Moradia Transitória.

“Estamos todos mobilizados para prestar uma assistência digna a estas famílias que se encontram nesta situação de vulnerabilidade. O governo não deixará as pessoas desamparadas”, afirmou Alex Carvalho, Secretário de Assistência Social e dos Direitos Humanos.

Últimas