14 julho 2024

Bolsonaro e Michelle ficam em silêncio em depoimento à Polícia Federal sobre joias

Redação

Date:

A defesa do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) e da ex-primeira dama, Michelle Bolsonaro, disse que o casal usará a estratégia de ficar em silêncio durante depoimento à Polícia Federal, nesta quinta-feira (31), sobre o caso das joias recebidas da Arábia Saudita. A informação é do jornal O Globo.

Em ofício, os advogados afirmaram que eles só “prestarão depoimento” ou “fornecerão declarações adicionais” quando o caso sair do Supremo Tribunal Federal (STF) e for remetido à primeira instância.

Bolsonaro e Michelle chegaram à sede da PF, em Brasília, às 10h40 desta quinta (31). Com eles, estava Fábio Wajngarten, advogado e ex-chefe da Secretária de Comunicação da Presidência. O tenente-coronel Mauro Cid, ex-ajudante de ordens da Presidência, está no local desde 9h20.

Segundo a Globo News, Fábio Wajngarten também usará da mesma prerrogativa, permitida em lei, de ficar em silêncio.

DEMAIS DEPOIMENTOS

Também são ouvidos nesta quinta-feira o general Mauro César Lourena Cid, pai de Mauro Cid; e Marcelo Câmara e Osmar Crivellati, assessores do ex-presidente. O advogado Frederick Wassef presta depoimento em São Paulo.

Os depoimentos ocorrem de forma simultânea, uma estratégia utilizada pela PF para evitar a chance de uma combinação de versões entre os investigados.

A Polícia Federal quer saber de Bolsonaro e seus aliados de primeira hora sobre os principais achados da Operação Lucas 12:2, que colocou o ex-chefe do Executivo no centro de uma investigação sobre supostos crimes de peculato e lavagem de dinheiro.

Fonte: Diário do Nordeste

Últimas