21 julho 2024

Embargos ambientais: Marina Silva vai à China e não abriu agenda para anteder a bancada federal do Acre

Notícias da Hora

Date:

A ministra do Meio Ambiente e Mudanças Climáticas, Marina Silva, não vai receber a bancada federal do Acre para tratar dos embargos ambientais da indústria madeireira e de propriedades rurais. “A mesma viaja para a China e não tem agenda para nos atender”, confirmou o senador Alan Rick (UB-AC) coordenador da bancada federal em Brasília.

A viagem para China ainda não consta na agenda oficial da ministra. Hoje à tarde, ela se reuniu com o senador Jorge Kajuru, liderança do PSD no Senado Federal.

Em busca de uma solução para a crise no setor produtivo do Acre, Alan Rick mobilizou as bancadas federais dos estados do Amazonas e de Rondônia, e tenta uma agenda com o presidente do Ibama, Rodrigo Antonio de Agostinho Mendonça. O Ibama não confirmou a reunião.

Os embargos nos pátios das indústrias madeireiras e em mais de 200 áreas de propriedades rurais em Acrelândia e Feijó provocou uma série de manifestações nas redes sociais, de deputados estaduais e federais. A não emissão do Documento de Origem Florestal (DOF) sob responsabilidade do Ibama para a indústria madeireira já dura uma semana.

De concreto está agendado uma audiência pública para debater sobre o assunto na próxima quinta-feira, dia 13, na Assembleia Legislativa do Estado do Acre.

Para o senador Alan Rick, a crise pode representar “perda de empregos e prejuízos para todos os setores da nossa economia” disse ao NH.

Últimas