20 junho 2024

Com ciúmes, marido mata esposa e depois comete suicídio em Rio Branco

Redação

Date:

Foto e texto: ContilNet

O casal Antônio José Silva de Souza, de 33 anos vulgo “Tonho”, e Marcilene Barros de Oliveira, de 34, morreram vítima de disparos de arma de fogo, na noite deste domingo (23), no km 85 da Rodovia AC-90, mas conhecida como Estrada da Transacreana, na zona rural de Rio Branco.

Segundo informações da polícia, “Tonho” estava durante todo o dia de domingo ingerindo bebidas alcoólicas e, já a noite, começou uma discussão com a esposa dele, identificada como Marcilene, por questão de ciúmes. Com os ânimos mais exaltados, o homem pegou uma espingarda que é da propriedade rural e foi até a esposa que estava no quarto e disparou contra tórax da mulher, e em seguida foi até a sala da residência e efetuou um disparo na própria cabeça.

Vizinhos que ouviram os tiros foram até a casa do casal e viram os dois caídos ensanguentados, e rapidamente ligaram para a irmã de Marcilene e comunicaram sobre o que tinha acontecido. A irmã da vítima ligou para o Copom, acionou uma ambulância e em seguida foi para a residência do casal.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado e enviou uma ambulância de suporte avançado, para dar os primeiros atendimentos as vítimas, mas ao chegar no local, os socorristas só puderam atestar morte de Marcilene e de Antônio.

A Polícia Militar isolou a área para os trabalhos da perícia e o corpo foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML), para os exames cadavéricos.

Agentes de Polícia Civil da Equipe de Pronto Emprego (EPE) colheram as primeiras informações e o caso será investigado pela Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), mas inicialmente está registrado como homicídio seguido de suicídio.

 

Últimas