21 maio 2024

Governo e Prefeitura de Rio Branco definem ações emergenciais em apoio às famílias atingidas pela enxurrada

Agência de Notícias do Acre

Date:

Já eram quase 2h da manhã desta sexta-feira, 24, quando representantes do governo do Estado e da Prefeitura de Rio Branco finalizaram uma reunião de emergência para estabelecer ações estratégicas conjuntas em apoio à população atingida pela forte enxurrada que atingiu a capital acreana e municípios vizinhos.

O governador Gladson Cameli participou do encontro, realizado na Casa Civil. Ao se solidarizar com as famílias afetadas, o gestor assegurou que o governo dará o suporte necessário às pessoas e disponibilizou toda a estrutura do Estado para enfrentar o período crítico.

“Estamos solicitando todas as embarcações e os veículos das secretarias do governo, assim como as escolas, para servirem de abrigo, alimentação, distribuição de colchões e tudo o que for preciso para ajudar o nosso povo. Juntos e de mãos dadas, vamos superar tudo isso”, declarou o governador.

Ficou definido que o Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Acre (CBMAC) será a instituição responsável pela coordenação dos trabalhos operacionais, em parceria com a Defesa Civil de Rio Branco. Os profissionais dos três batalhões da cidade e servidores de outros órgãos governamentais estarão diretamente envolvidos na remoção de famílias das áreas alagadas para locais seguros.

“Concentraremos todo o aparato que nos será disponibilizado no 1º Batalhão do Corpo de Bombeiros, no bairro Morada do Sol, e será de lá que comandaremos as ações. Com isso, vamos conseguir fortalecer nosso atendimento à população atingida por essa enxurrada”, afirmou o coronel Charles Santos, comandante-geral do CBMAC.

Além disso, o governo estadual reforçará a emissão de boletins diários com informações sobre o nível do Rio Acre, previsão do tempo e alertas à população e disponibilizará equipes com profissionais de saúde para atender os desabrigados. “Tudo está sendo feito com muito empenho e dedicação, para que a população seja bem assistida neste momento atípico”, enfatizou o secretário da Casa Civil, Jonathan Donadoni.

A chuva registrada em Rio Branco na quinta-feira, 23, é uma das maiores dos últimos 60 anos. Foram cerca de 13 horas consecutivas de precipitação e um acúmulo de 182 milímetros. Os principais igarapés da capital transbordaram e estima-se que mais de 12 mil moradores de 31 bairros foram prejudicados.

 

Últimas