23 julho 2024

Bloquear empresas investigadas na Operação Ptolomeu pode causar colapso econômico e desemprego no Acre, diz Abracre

Redação

Date:

NOTA DE SOLIDARIEDADE

A Associação de Bares, Restaurantes, Distribuidoras e Promotores de eventos do Acre (ABRACRE), por meio desta, expressa seu total apoio às instituições investigativas a fim de elucidar todas as dúvidas e incoerências que possam vir a ser comprovadas por via da Operação Ptolomeu.

Compreendemos que é um momento que demanda calma, cautela e assertividade dentro das decisões. Entendemos também que a Ministra Nancy Andrighi, dentro das suas competências e fazendo uso das capacidades a ela atribuída, decidiu por suspender as atividades das empresas cujo estão sob investigação, com o intuito de exercer controle total sobre as mesmas a fim de facilitar o processo investigativo.

Ocorre que o Acre é um local que carece de empreendimentos, e possui a sua economia em nível abaixo do emergente. Dependendo dos repasses federais, e das coletas de impostos estatais e dos municípios. A suspensão das atividades profissionais das empresas durante o processo investigativo da Operação Ptolomeu III, poderá ocasionar maior colapso econômico, e gerar desemprego em série no estado.

Vale ressaltar que apenas em Rio Branco, mais de 30% da população adulta e funcional está desempregada e sem nenhuma fonte direta de renda, apontam levantamentos. Outro ponto a ser destacado, é que a suspensão das atividades das empresas não só podem ocasionar desemprego direto, como também afetará o comércio local, diminuindo assim o poder de compra de uma parcela da população, pois a economia possui vias diretas e indiretas, como em todo o país.

A ABRACRE concorda em totalidade com o profissionalismo e assertividade da Polícia Federal, assim como as demais instituições. Entendemos que todos os erros devem ser penalizados, mas também ressaltamos que nesta operação, nem todos os punidos são de fato, culpados. Vide os trabalhadores.

Por fim, externalizamos o nosso total apoio ao Governador Gladson Cameli, e firmamos nossa crença na sua idoneidade e no seu comprometimento para com o desenvolvimento assertivo do nosso estado.

Últimas