21 maio 2024

Governo e Sinteac fecham acordo: aumento de 14,95% para todos da Educação retroativo a janeiro

Redação

Date:

A categoria da Educação bateu o martelo no reajuste de quase 15% concedido pelo governo do Estado, mas a matéria em regime de urgência deve entrar na pauta de votação dessa semana da Assembleia Legislativa do Estado do Acre (Aleac). A correção salarial linear na tabela de progressão funcional do Plano de Cargos, Carreiras e Remunerações da Educação (PCRR da Educação), será retroativa ao mês de janeiro deste ano, quando passou a vigorar o novo piso nacional do magistério.
Os servidores com magistério do quadro efetivo com contrato de 40 horas, o piso base será de R$ 4.420,55, enquanto os servidores temporários da rede estadual de ensino com contrato de 30 horas, o salário é de R$ 3.315,27.

“Antecipamos a nossa assembleia presencial no auditório da Livraria Paim, para garantir o reajuste salarial na folha deste mês”, revelou o sindicalista Edileudo Rocha, vice presidente do Sindicato do Professores da Rede Pública de Ensino do Estado do Acre (Sinproacre).

Observou que os professores que encerraram o contrato no fim desse mês, eles serão contratados de forma direta pela Secretaria Estadual de Educação, Cultura e Esportes (SEE) por um período de seis meses para evitar atraso na retomada do ano letivo.

A previsão é de que seja divulgado nas próximas semanas um processo seletivo destinado aos professores temporários, enquanto o concurso efetivo de professores e funcionários de escola está previsto para o mês de junho deste ano. “A previsão de quatro mil vagas para os efetivos”, enfatizou o sindicalista.

Em 2022, o reajuste dos professores da rede estadual de educação chegou em torno de 33,24% que elevou salário base da categoria de R$ 2.886.

Com informações A Tribuna

Últimas