14 julho 2024

Três acreanos são presos por participarem de atos terroristas em Brasília

Redação

Date:

Dois acreanos e uma acreana foram presos pelas forças de segurança do Distrito Federal (DF) por participarem do ato anti-democrático que resultou na invasão e na depredação das sedes dos Três Poderes, ocorridas no dia oito deste mês em Brasília.

Os presos são Franksmar Lima de Souza, de 33 anos; Jony Figueiredo da Silva, de 42 anos; e Michela Batista Lacerda, que fará nesta quarta-feira 44 anos de idade.

Dos três, apenas Franksmar de Souza continua preso no Centro de Detenção Provisória número 2 do DF, onde se encontram mais 618 homens presos.
Os presos Jony da Silva e Michela Lacerda foram liberados na última sexta-feira, 20, para responderem os seus processos criminais em liberdade, mas passaram a ter de usar tornozeleiras eletrônicas, além de terem de cumprir outras medidas cautelares. Ao todo, 335 presos foram liberados com uso de tornozeleiras.

O Acre foi um dos estados com menos envolvidos nos atos terroristas do dia 8 na capital federal.

A Tribuna

Últimas