16 julho 2024

Francisco Djalma empossa jurista e juiz federal para atuar na Corte Eleitoral do Acre

Redação

Date:

Em solenidade nesta terça-feira, 24, o presidente do Tribunal Regional Eleitoral do Acre (TRE-AC), desembargador Francisco Djalma, realizou a cerimônia de posse da juíza Carolyne Souza de Macêdo Oliveira e do juiz como membros efetivos da Corte Eleitoral, nas classes de Juiz Federal e de Jurista, respectivamente.

Antes da posse que ocorreu no plenário do tribunal, os juristas realizaram o juramento para assumir os devidos cargos. O juiz Felipe Henrique de Souza, destacou que se sente honrado em assumir o cargo de jurista após 18 anos atuando na advocacia. “A advocacia estará sempre bem representada durante esse biênio. Essa é a coroação de uma carreira que se finda em iniciar”, comentou.

Há 10 anos na classe jurista, a juíza Carolyne Souza de Macêdo Oliveira, disse que deverá atuar com responsabilidade na corte eleitoral. “Vamos promover a democracia. O Brasil perfeitamente justo ainda não foi alcançado. Ainda não chegamos ao ponto da desigualdade social possa ser diminuída”, discursou.

Presente na cerimônia de posse no TRE, o governador Gladson Cameli (Progressistas), revelou que gosta de se fazer presente nos atos solenes – e desejou sucesso aos novos membros da corte. “É onde temos o fortalecimento da nossa democracia e eu sempre me disponho a estar presente”, argumentou.

O desembargador Armando Dantas, fez breves elogios aos novos magistrados empossados e desejou sucesso nos respectivos cargos. “Os currículos já seriam bons para ressaltar os critérios dos novos juristas. São profissionais capacitados”, ressaltou.

Dantas fez questão de defender o sistema eleitoral democrático brasileiro e prometeu punir com rigor os políticos corruptos. Também se fizeram presentes no encontro, a vice-governadora Mailza Gomes e o prefeito de Rio Branco, Tião Bocalom, ambos do Progressistas.

Últimas